Início / TEMAS DOS 10 DIAS DE ORAÇÃO / Tema 01: Hora Agir – 14/02/2019

Tema 01: Hora Agir – 14/02/2019

image_pdfFazer Downloadimage_printхэвлэх



■ ACONTECIMENTOS SOLENES

Estamos diante de importantes e solenes acontecimentos. As profecias estão em cumprimento. Uma estranha e acidentada história está sendo registrada nos livros do Céu. Tudo em nosso mundo se mostra em estado de agitação. Há guerras e rumores de guerras. As nações estão iradas, e é chegado o tempo de os mortos serem julgados. Os acontecimentos se sucedem, alternando-se e apressando o dia de Deus, que está muito próximo. Só nos resta, por assim dizer, um pequeno instante (Testemunhos Para a Igreja, v. 6, p. 14).

■ ENQUANTO HÁ TEMPO

Quando a tempestade da ira de Deus irromper sobre a Terra, quão terrível será a decepção daqueles cujas casas hão de ser arrebatadas porque estavam fundadas sobre areia! Devemos lhes apresentar a divina advertência antes que seja tarde demais! Devemos sentir agora nossa responsabilidade de trabalhar com intenso fervor, a fim de comunicar a outros as verdades que Deus nos tem revelado para o tempo atual. Sempre podemos fazer um pouco mais.

O coração de Deus se comove. As pessoas são muito preciosas a Seus olhos. Foi por este mundo que Jesus chorou em agonia – por este mundo foi crucificado. Deus deu Seu Filho unigênito para salvar pecadores, e quer que nos amemos uns aos outros como Ele nos amou. Sua vontade é que os que têm o conhecimento da verdade comuniquem esse conhecimento a seus semelhantes.

Agora é o tempo de proclamar a última advertência. Uma virtude especial acompanha presentemente a proclamação dessa mensagem; mas por quanto tempo? – Só por um pouco de tempo ainda. Se deve haver uma crise, essa crise é justamente agora (Testemunhos Para a Igreja, v. 6, p. 16).

■ FIRMES NA VERDADE

Nenhuma mudança deverá efetuar-se nos traços gerais de nossa obra. Deve permanecer clara e distinta como foi criada pela profecia. Não nos compete entrar em aliança com o mundo, supondo com isso poder levar a melhor. Se alguém cruzar o caminho a fim de atrapalhar o avanço da obra nas linhas que Deus lhe traçou, incorrerá no desagrado divino. Nenhum traço da verdade que tornou o povo adventista do sétimo dia o que ele é, deve ser apagado. Temos antigos marcos da verdade, da experiência e do dever, e cumpre-nos defender firmemente nossos princípios diante do mundo.

Importa levantarem-se homens que apresentem a todos os povos as Escrituras de Deus. Homens de todas as classes e de todas as capacidades, com seus variados dons, devem cooperar harmonicamente para um resultado comum. Deverão se unir no esforço de levar a verdade a todo o povo, cumprindo cada qual sua missão especial (Testemunhos Para a Igreja, v. 6, p. 17).

UM CHAMADO PESSOAL

A cada dia, o tempo de graça de alguém se encerra. A cada hora, alguns passam para além do alcance da misericórdia. E onde estão as vozes de aviso e rogo, mandando o pecador fugir desta condenação terrível? Onde estão as mãos estendidas para o fazer retroceder do caminho da morte? Onde estão os que com humildade e fé perseverante intercedem junto a Deus por ele? (Patriarcas e Profetas, p. 140).

Ninguém pense que tem o direito de cruzar os braços e não fazer nada. Que alguém possa ser salvo estando na indolência e inatividade é uma completa impossibilidade. Pensai no que Cristo fez durante Seu ministério terrestre. Quão fervorosos, quão incansáveis foram Seus esforços! Não permitia que coisa alguma O desviasse do trabalho que Lhe fora dado. Estamos seguindo Suas pisadas? (Serviço Cristão, p. 83).

Não há um inativo no Céu, e ninguém entrará nas bem-aventuradas mansões que tenha deixado de demonstrar amor para com Cristo, que não tenha envidado esforços para a salvação de outros (Testemunhos Para Ministros e Obreiros Evangélicos, p. 208).

■ A MAIOR HONRA

A mensagem da justiça de Cristo há de soar desde uma até a outra extremidade da Terra, a fi m de preparar o caminho ao Senhor. Essa é a glória de Deus com que será encerrada a mensagem do terceiro anjo (Eventos Finais, p. 200).

Não há obra na Terra tão importante, tão sagrada e tão gloriosa, que tanto honre a Deus, como a obra do evangelho. A mensagem apresentada para o presente tempo é a última mensagem de graça a um mundo decaído. Os que têm o privilégio de ouvir e persistem em recusar atender à sua advertência, rejeitam a última esperança de salvação. Não haverá um segundo tempo de graça (Testemunhos Para a Igreja, v. 6, p. 19).

VIGIAR E ADVERTIR

Deus sempre tem dado aos homens advertência dos juízos por vir. Aqueles que tiveram fé na mensagem por Ele enviada para seu tempo, e agiram segundo sua fé, em obediência a Seus mandamentos, escaparam aos juízos que caíram sobre os desobedientes e incrédulos. A Noé veio a palavra: ‘Entra na arca, tu e toda a tua casa, porque reconheço que tens sido justo diante de Mim no meio desta geração.’ Noé obedeceu, e foi salvo. […] Assim agora estamos dando aviso da segunda vinda de Cristo e da destruição impendente sobre o mundo. Os que ouvirem a advertência serão salvos. Como não sabemos o tempo exato de Sua vinda, somos advertidos a vigiar. ‘Bem-aventurados aqueles servos, os quais, quando o Senhor vier, achar vigiando!’ (Lc 12:37). Os que vigiam, à espera da vinda do Senhor, não aguardam em ociosa expectativa. A expectação da vinda do Senhor fará os homens temerem-No, bem como a Seus juízos contra a transgressão. Deve despertá-los para o grande pecado de Lhe rejeitar os oferecimentos de misericórdia. Os que aguardam o Senhor, purifi cam a alma pela obediência à verdade. Com vigilante espera, combinam ativo serviço. Como sabem que o Senhor está às portas, seu zelo é avivado para cooperar com as forças divinas para salvação de pessoas. […] Como Enoque, Noé, Abraão e Moisés, cada um declarou a verdade para seu tempo, hão de os servos de Cristo agora dar a especial advertência para sua geração (O Desejado de Todas as Nações, p. 634).

DEVEMOS AGIR AGORA

É preciso acionar um alarme através da extensão e largura da Terra; dizer ao povo que o dia do Senhor está perto e se apressa grandemente. Ninguém fique por advertir. Poderíamos nos achar no lugar dessas pessoas que se encontram em erro. Poderíamos ter sido colocados entre os que não tiveram contato com o cristianismo. Segundo a verdade que recebemos mais que os outros, somos nós devedores e devemos comunicá-la aos demais.

Não temos tempo a perder. O fim está próximo. Em breve a ida de um lugar para outro a fim de transmitir a verdade será cercada de perigos à direita e à esquerda. […] Cumpre-nos olhar de frente nossa obra, e avançar o mais depressa possível em luta intensa. […] Temos agora advertências que nos é possível dar, uma obra que nos é concedida fazer; em breve, porém, será mais difícil do que podemos imaginar. Ajude-nos, Deus, a conservar-nos na vereda da luz, trabalhar com os olhos fixos em Jesus, nosso Líder, e, paciente e perseverantemente, avançar para a vitória (Testemunhos Para a Igreja, v. 6, p. 22).

ЗАЛБИРЛЫН БАЙРШИЛ

*1. Reavivamento pessoal.*

*2. Uma pessoa específica com quem estou estudando a Bíblia, ou quero estudar, para que se decida pelo batismo.*

*#PrimeiroDeus – #rpsp Números 8 / Atos dos
Apóstolos, cap. 9 e 10



Baixoguandu тухай

O Portal Adventista de Baixo Guandu/ES, no dia 18 de Setembro 2014 foi criado com o objetivo de abranger todos os conteúdos da IASD. Informações a todos as programações, materiais e outros conteúdos; Dando-lhe a oportunidade a todos terem acesso pela via online através da internet. Direção: Thiago A. de Oliveira - Baixo Guandu/ES.

Үүнээс гадна, шалгах

Músicas do Concílio de Colportagem 2019

Fazer DownloadImprimir Arquivo compactado em formato MP3 das músicas do II Concílio Sul-Americano de Colportores …

Deixe Ума resposta

Таны и-мэйл хаяг хэвлэгдсэн байх болно. Шаардлагатай талбарууд нь тэмдэглэгдсэн байна *

×

Portal Adventista de Baixo Guandu/ES

Seja Bem-Vindo (a), conheça os conteúdos da Igreja Adventista do Sétimo Dia.

× Холбоо барих !!
G|translate Your license is inactive or expired, please subscribe again!