Início / ARTIGOS / “Amigo revelado” de Natal

“Amigo revelado” de Natal

Desde criança, sempre amei esta data. Parece que há algo especial no ar! O clima de alegria, de gratidão, de festas, presentes, amigo oculto… Hum… Mas será que isso é o que todo mundo sente? Será que todas as crianças vão poder participar de uma ceia farta?

Uma coisa eu não gostava muito no Natal: meus pais não nos davam presentes. Na época, eu não entendia bem porque meus primos e amigos ganhavam algo, sendo que eu e meus irmãos, não. Só explicações não convencem a criança. Em seu pensamento concreto, ela não consegue dar aquilo que não possuiu ainda. Primeiro, necessita se apropriar da benção para depois compartilhar. Esse assunto precisa ser tratado com equilíbrio. Mas a lição que meus pais estavam me ensinando é que Natal vai muito além de comemorações pessoais. Eles falavam de um amigo que se faz presente.

Leia também:

Algo em nossos dias é muito preocupante. Os pais, em sua maioria, têm abandonado o ensinamento do verdadeiro significado do Natal – o nascimento de Jesus. Não há mais visita ao presépio, quase não se conta mais a história de José e Maria, famílias não se preocupam em vivenciar a generosidade, crianças e pais estão trocando a manjedoura por Papai Noel e por uma visão egoísta. Muitos competem entre si para ver quem ganhou mais presentes. O verdadeiro espírito de gratidão pelo melhor presente está quase desaparecendo entre as famílias.

Numa reflexão esses dias, ouvi uma frase mencionada pelo Pr. Erton Köhler, líder sul-americano da Igreja Adventista, referindo-se ao livro “Natal não é seu aniversário”. Isso me fez pensar, na verdade, sobre o que meus pais me ensinaram e essa reflexão precisa ser relembrada com as nossas crianças – até mesmo com os adultos.  Mas se o aniversário é de Jesus, como eu posso dar presentes a Ele? Em Mateus 25:35-40, encontramos parte da resposta a ser ensinada e vivida.

Acho interessante como várias famílias comemoram o Natal com os filhos. Conheço gente que ensina o filho a doar um brinquedo bom, sempre que ganha outro novo. Outra família leva os filhos para comemorarem o nascimento de Jesus com crianças carentes do orfanato. Fazem jogos, caça ao tesouro, amigo secreto e contam histórias. Algo importante que meus pais ensinavam para nós, filhos, era levar uma oferta de gratidão no programa de Natal. Afinal, o aniversário é de Jesus!

Há alguns anos atrás, foi noticiado que o Colégio Adventista Castelo Branco, na Bahia, resolveu desenvolver um projeto com seus alunos chamado “A Corrente do Bem”. Durante todo o ano, eles tinham a meta de que cada aluno cuidasse de três colegas. A professora Juliana e seus amigos daquela escola queriam sensibilizar os alunos para cuidarem de outras pessoas em vários âmbitos. Ensinaram os alunos a orarem uns pelos outros e também a auxiliar comunidades que necessitavam de roupas, alimentos, instruções sobre o perigo no consumo de drogas e mais.

Aquelas crianças e adolescentes estavam tão motivados, que a maior realização ocorreu no final do ano. Com a ajuda de professores, pastores e administradores, os alunos conseguiram se mobilizar para reformar duas casas como presente de Natal para famílias necessitadas. É válido lembrar que os alunos deste Colégio não possuíam alta renda. O diferencial foi o desejo plantado no coração, de ajudar, de servir e salvar, mesmo com suas limitações financeiras.

Temos uma geração ativa em nossas igrejas, escolas e comunidades, fazendo a diferença. Como já diz o slogan do Mutirão de Natal deste ano,“Podemos fazer mais”, creio que sempre há espaço e necessidade a ser atendida. Vidas podem ser transformadas e alcançadas com o verdadeiro presente de Natal, que é Jesus.

Jesus deseja alcançar a mente e o coração das pessoas através da solidariedade de sua família. Celebre o Natal de forma completa, ensinando na prática a generosidade, recebendo com gratidão o melhor presente de Natal e compartilhando salvação através do Amigo Revelado.

Como diz a professora Erleni Nemes em seu canal “Uma história, uma ideia”: “Natal não é encher a criança de presente, Natal é ser presente” e ofertar a outros o melhor presente: Jesus!

Facebook Comments

sobre baixoguandu

Além disso, verifique!

Movidos por princípios: a distribuição dos recursos

No artigo anterior, compreendemos que a Igreja Adventista possui uma forte base bíblica quanto aos …

×

Portal Adventista de Baixo Guandu/ES

Seja Bem-Vindos (as) ao Portal Adventista de Baixo Guandu/ES. Conheça os Materiais e Conteúdos da Igreja Local e Mundial.

× Atendimento Online!