Ano Bíblico: o que fazer para não desistir dele

 

Leitura completa da Bíblia oferece visão aprofundada sobre o plano de Deus para a humanidade e fortalece a fé de quem navega por suas páginas. Modo de estudo da Bíblia fortalece comunhão diária com Deus .

Entra ano, sai ano. É nesse ciclo que muita gente se propõe a ler toda a Bíblia ao longo dos 12 meses e, quando percebe, não concluiu nem o Gênesis. Mas o que fazer para chegar em 31 de dezembro com todos os capítulos finalizados? Um dos pontos principais é ter disciplina para manter-se comprometido ao longo desse tempo. É assim que analisa o pastor Rafael Rossi, evangelista da Igreja Adventista para oito países sul-americanos.

Embora seja o livro com maior tiragem em todo o mundo – em 2021, a British and Foreign Bible Society calculou que já foram impressos entre cinco e sete bilhões de cópias ao longo da história –, a Bíblia não é devidamente estudada.

Mas que resultados, além dos espirituais, pode-se obter? De acordo com a Expert Editor, uma empresa australiana especializada em edição e revisão voltada para acadêmicos e escritores na área de negócios, 30 minutos de leitura por dia podem estimular as vias neurais; manter o cérebro ativo e elástico; melhorar a memória e diminuir em 32% o declínio mental em idosos.

Nesta entrevista, Rossi ainda detalha como essa prática pode contribuir para que outras pessoas conheçam a Cristo através de você.

Por que a Bíblia deve ser estudada, verso por verso, de capa a capa, ao menos uma vez ao longo da vida?

Para nós, cristãos, a Bíblia é um livro de regra e prática. É a revelação de Deus para o ser humano em qualquer tempo e qualquer cultura. Ou seja, a Bíblia é atemporal e se aplica a todas as situações. Por isso, ela não é um livro qualquer e se reflete como um presente de Deus para a humanidade. Outro aspecto é que ela foi escrita por aproximadamente 40 autores em um período de 1600 anos. Os temas são abordados de forma diferente por cada um dos autores, e para se entender o que a Bíblia tem a dizer sobre determinado assunto, é preciso considerar todos os versos e os contextos.

Por isso, não se pode concentrar o conhecimento bíblico em alguns livros, mas é imprescindível ampliar a visão estudando os versos bíblicos em cadeia. Ler toda a Bíblia dá uma visão geral do plano de Deus para a humanidade. Sendo assim, quem quer pautar a sua vida no que está escrito nela, precisa fazer uma leitura integral.

Como o Ano Bíblico proporciona esse conhecimento?

O Ano Bíblico sistematiza e organiza um programa de estudo diário da Bíblia por meio da leitura de poucos capítulos diariamente, e desperta o interesse e curiosidade sobre diferentes temas. Eu recomendo que o Ano Bíblico não seja uma leitura apressada, mas uma leitura reflexiva buscando materiais adicionais sobre as histórias bíblicas.

E como fazê-lo? Basta apenas abrir a Bíblia e começar?

A Igreja Adventista incentiva os membros a fazerem o Ano Bíblico. No conteúdo diário da lição da Escola Sabatina, por exemplo, estão os capítulos para a leitura do dia. Algumas Bíblias também trazem um plano sugestivo. Veja se a sua tem. Há, ainda, recursos tecnológicos de incentivo e acompanhamento diário. Um deles é o aplicativo Bible Plan, disponível gratuitamente para os sistemas Android e iOS.

Se você não quiser seguir esse plano, participe do projeto Reavivados por Sua Palavra, que consiste na leitura de apenas um capítulo da Bíblia por dia. Eu tenho o meu programa particular de estudo sistemático, que tem sido uma bênção em minha vida. Por isso, quero compartilhar algumas dicas importantes que podem te ajudar a ter uma experiência ainda mais enriquecedora:

  • Encontre o melhor momento do dia para o seu estudo da Bíblia;
  • Escolha um lugar em sua casa onde você diariamente fará esse estudo;
  • Livre-se das distrações;
  • Ore pedindo auxílio do Espírito Santo;
  • Use algo para destacar os versos bíblicos mais significativos (eu uso uma caneta marca texto de gel porque não mancha o verso da página);
  • Leia e reflita;
  • Anote em um caderno as ideias e como o texto falou contigo;
  • Encontre formas de aplicar o que estudou;
  • Compartilhe as suas impressões espirituais.

Mas com um programa tão extenso, com duração de um ano, como manter o foco?

É preciso ter disciplina para criar uma rotina. Muita gente desanima porque não conseguiu ler por alguns dias e muitos capítulos ficam acumulados. Retome e siga o plano do dia. Depois, quando tiver mais tempo, estude os capítulos que não foram lidos. Assim, o hábito vai se criando.

E se vier a vontade de desistir?

Persista, insista e não desista! Faça da leitura bíblica um compromisso com Deus e com o seu crescimento espiritual. Manter um programa para ler 1179 capítulos requer esforço e determinação. Tenho certeza de que, mesmo em meio às lutas, valerá a pena!

De que forma o Ano Bíblico pode ser transformado em uma ferramenta de evangelismo ou em um recurso para inspirar outras pessoas?

A Ano Bíblico é uma forma poderosa de ampliar seu conhecimento bíblico e se aprofundar em assuntos específicos da Bíblia. O testemunho que damos está baseado no que a Bíblia nos deixou como revelação. Muita gente não testemunha da fé porque acha que não tem conhecimento bíblico suficiente. Quando se estuda a Bíblia, ganha-se confiança e compreensão sobre os principais temas que fazem parte das maiores dúvidas e necessidades que as pessoas têm. Com isso, o testemunhar da fé se torna mais natural.

Por que o estudo da Bíblia é fundamental para encurtar a distância entre Terra e céu? 

Gosto de uma pequena história que ilustra isso. Uma idosa senhora vivia sozinha e ficou doente. Diariamente, um casal começou a visitá-la, ajudando em sua recuperação. Ela era muito pobre, e tinha falta de muitas coisas. Nas visitas, o casal ouvia da velhinha que ela tinha um filho morando nos Estados Unidos e que toda semana enviava cartas a ela, e sempre mandava um cartão postal verde. “E todos os cartões são sempre iguais”, ria ela. “Se o filho era tão atencioso assim, vivendo em um país com boas condições, por que não ajudava a mãe?”, o casal pensava.

Em uma visita, quando a velhinha contava que havia recebido mais uma carta do filho com mais alguns cartões verdes, o casal, intrigado, pediu para ver a carta. Quando abriram o envelope, descobriram que os cartões eram, na verdade, notas de 100 dólares. Aquela senhora tinha centenas daquelas notas guardadas em uma caixa, como recordação do seu filho que morava tão longe. Esse filho enviava por mês uma boa quantia para que ela vivesse bem, mas ela estava vivendo na extrema pobreza. Coisa parecida acontece com muitas pessoas hoje. Jesus, “a pérola de grande valor”, nos tornou ricos na revelação da Bíblia. Por meio deste livro encontramos os meios para o nosso bem-estar e coloca ao nosso alcance a promessa e certeza da bênção do Senhor.


Você também pode receber esse e outros conteúdos diretamente no seu dispositivo. Assine nosso canal no Telegram ou cadastre seu número via WhatsApp.

Quer conhecer mais sobre a Bíblia ou estudá-la com alguém? Clique aqui e comece agora mesmo.

Facebook Comments Box

sobre Portal Adventista Baixo Guandu

Avatar
"É um grande privilégio de elaboração do site PORTAL ADVENTISTA DE BAIXO GUANDU/ES, no dia 18 de Setembro 2014 para a divulgação aqui na cidade local, regional e em todos os Países. Nosso Objetivo é divulgarmos os programas, materiais entre outros que se realizam na Igreja Adventista do Sétimo Dia, em prol do Evangelho Eterno, assim diz o Senhor: “ Breve Jesus Cristo Voltará” Apocalipse 22:1-21. Portanto não será então em benefício próprio, sim a necessidade desse divulgação nessa cidade que todos se entregam sua vida a Jesus Cristo, nosso Salvador. Att: Thiago Amaral de Oliveira - Baixo Guandu/ES."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

dezenove + 18 =

×

Sejam Bem-Vindos!

Sejam Bem Vindos ao Nosso Portal Adventista de Baixo Guandu/ES. Estamos a Disposição 24 Horas.

× Fale Conosco 24 horas!