Início / ARTIGOS / Como gerenciar o estresse durante a crise do coronavírus

Como gerenciar o estresse durante a crise do coronavírus

Estamos, novamente, diante de uma crise. Em momentos assim, o estresse é inevitável, mas pode ser gerenciado para permanecer num nível saudável. Produzir pânico é desnecessário e só torna as coisas mais difíceis. Deprimir-se acaba sendo a realidade de muita gente, especialmente de quem não possui um bom repertório para lidar com mais um período de dificuldades e incertezas. 

Toda crise é uma oportunidade para reclamar ou se superar, para adoecer ou para amadurecer. Não estamos nela por escolha, mas podemos decidir como lidaremos com ela. Como profissional, compreendo que o melhor caminho é o que une aceitação, criatividade e foco em soluções, produzindo resiliência e saúde mental.

Leia também:

Eu, particularmente, gosto dos períodos de crise, pois em minha mente eles são sinônimos de fases de superação. É assim que aprendi a lidar com as crises que vivi e é assim que incentivo meus pacientes a lidarem com as diferentes crises com as quais eles lidam. Recentemente, publiquei um e-book com relatos de superação de algumas de minhas pacientes como forma de incentivar outras pessoas a escreverem sua própria história de superação. Clique aqui e baixe-o gratuitamente. 

Um dos relatos compartilhados nesse livro é de uma mulher que costumava ter crises de pânico em situações normais em que outras pessoas não sentiriam nenhuma dificuldade emocional. Mas, ao enfrentar um diagnóstico de uma doença rara e cheia de sintomas incapacitantes, ela foi capaz de se superá-lo, deixando para trás três décadas de histórico de transtornos de ansiedade. 

Vivendo um período de estresse 

Toda crise produzirá em nós um efeito que chamamos de estresse. E o estresse, por si só, não é um problema, mas uma resposta física e psicológica que temos às situações que de alguma forma mexem com a estabilidade com a qual estávamos acostumados. O problema é quando ele ultrapassa o nível saudável e entra num nível não saudável.  

É aí que começamos a perceber a presença de alguns sintomas visíveis, como a irritabilidade ou o esquecimento de coisas corriqueiras. É, também, aí que começam a ocorrer sintomas invisíveis, como o enfraquecimento do nosso sistema imunológico. 

Quando vemos notícias de pessoas estocando alimentos, álcool em gel e papel higiênico, não estamos simplesmente diante de um quadro de egoísmo. É certo que fazer esses estoques não é um comportamento altruísta, mas mais do que egoísmo, este é um quadro que revela uma parte do estresse que uma crise como a atual é capaz de gerar. 

Devido a uma doença que desenvolvi (o vitiligo) em um período de estresse vivido há pouco mais de 12 anos e à experiência de ter superado essa doença (há mais de 11 anos), o gerenciamento do estresse é um dos assuntos que mais gosto de trabalhar. Foi meu objeto de estudo no mestrado e há 10 anos é algo com o qual trabalho em palestras e nas terapias dos meus pacientes. 

Dicas para gerenciar melhor o estresse 

Neste momento em que o mundo lida com uma pandemia, quero compartilhar com você algumas coisas simples, e ao mesmo tempo essenciais, que você precisa fazer para ter um bom gerenciamento do estresse. 

Alimentar-se de forma saudável: Açúcar, cafeína e gorduras precisam ser evitados. Dê preferência a frutas, verduras e legumes e beba bastante água. Evite também os alimentos refinados. Uma boa alimentação é essencial para um funcionamento adequado da mente, especialmente em situações de crise. 

Descanse: Você precisa dormir bem. Se quer ter uma mente saudável e resiliente nesse momento, um bom sono precisa estar na sua lista de prioridades. Se você tem tido dificuldades para dormir, isso já pode se sintoma de algum problema de saúde mental. Aconselho que você procure ajuda profissional para avaliar essa sua dificuldade. Você pode também baixar gratuitamente uma série de orientações que preparei para os meus pacientes e disponibilizei em PDF aqui. 

Exercite-se: Ainda que neste momento você deva evitar ambientes como os de academias, você pode exercitar-se dentro de sua própria casa ou em algum lugar ao ar livre onde o risco de contaminação seja bem reduzido. O exercício físico é atualmente uma recomendação indispensável para o tratamento de vários problemas de saúde mental. 

Foque em soluções: Pare de ler e assistir uma porção de notícias que só o deixam mais preocupado com o momento atual. Filtre aquilo que você lê, até mesmo porque há muitas fake news sendo compartilhadas. Ao invés de focar no problema, foque em soluções. Adote as medidas preventivas orientadas à população e lide com os efeitos colaterais desta pandemia (como o isolamento em casa e a crise econômica) com um olhar voltado para aquilo que você pode fazer ao invés de focar naquilo que há de ruim, ou o que você não pode fazer. 

Se mesmo seguindo essas quatro orientações você perceber que ainda não está lidando bem com esse momento, procure ajuda profissional. Quando não gerenciado corretamente, o estresse pode afetar nosso sistema imunológico muito facilmente, nos deixando mais vulneráveis a uma série de doenças. E a última coisa que precisamos em meio a uma crise como a atual é um sistema imunológico abalado. Atualmente, é possível realizar sessões de orientação psicológica pela internet, no conforto da sua casa e trabalhar profundamente suas dificuldades emocionais. 

Por fim, lembre-se que estamos aqui de passagem. Muito em breve não haverá crises para enfrentar ou estresse para gerenciar. É só um pouco mais e toda doença e preocupação terá fim (Apocalipse 21:4). 

Veja mais conselhos no vídeo abaixo:

Facebook Comments

sobre baixoguandu

É um grande privilégio de elaboração do site PORTAL ADVENTISTA DE BAIXO GUANDU/ES, no dia 18 de Setembro 2014 para a divulgação aqui na cidade local, regional e em todos os Países. Nosso Objetivo é divulgarmos os programas, materiais entre outros que se realizam na Igreja Adventista do Sétimo Dia, em prol do Evangelho Eterno, assim diz o Senhor: “ Breve Jesus Cristo Voltará” Apocalipse 22:1-21. Portanto não será então em benefício próprio, sim a necessidade desse divulgação nessa cidade que todos se entregam sua vida a Jesus Cristo, nosso Salvador. Att: Thiago Amaral de Oliveira - Baixo Guandu/ES.

Além disso, verifique!

Movidos por princípios: as finanças e a unidade da Igreja – 29/03/2020

Vimos nos dois artigos anteriores a maneira bíblica de lidar com os recursos para a …

Deixe uma resposta

×

Portal Adventista de Baixo Guandu/ES

Seja Bem-Vindos (as) ao Portal Adventista de Baixo Guandu/ES. Conheça os Materiais e Conteúdos da Igreja Local e Mundial.

× Atendimento Online!