Crenças fundamentais dos adventistas: A Natureza da Humanidade

Quem são os seres humanos? Entenda neste episódio da série Nisto Cremos.

Saudações, amigos. No Salmo 8, encontramos um belo cântico que glorifica o Criador, e no meio desse Salmo, lemos estes versos fascinantes: “Quando contemplo os teus céus, obra dos teus dedos, e a lua e as estrelas que estabeleceste, que é o homem, que dele te lembres? E o filho do homem, que o visites? Fizeste-o, no entanto, por um pouco, menor do que Deus e de glória e de honra o coroaste” (Salmo 8:3-5).

Nesta bela passagem de louvor, vemos o valor que Deus deu ao ser humano: que Deus está atento, Ele se lembra de nós. Ele quer se conectar e ter comunhão conosco. Ele nos fez apenas “um pouco menores do que os anjos”, e nos coroou com glória e honra. Verdadeiramente nós pertencemos a Ele.

Conversa divina

Como sabemos, quando Deus criou os seres humanos, eles eram perfeitos. A Bíblia nos permite ouvir a conversa da Divindade, quando, conforme registrado em Gênesis 1:26, eles proclamam: “Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança”.

Então, como o registro sagrado nos diz: “Criou Deus, pois, o homem à sua imagem, à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou” (Gênesis 1:27).

Ao contrário do resto da criação, da qual Ele chamou à existência, os seres humanos eram tão especiais, tão queridos por Deus, que Ele se inclinou e os formou com Suas próprias mãos – as mesmas mãos que um dia seriam pregadas em uma cruz cruel para salvar aqueles que Ele criou.

Ajoelhado no chão, o Criador amorosamente moldou o primeiro homem do pó da terra. Por fim, a escultura ficou perfeita, por dentro e por fora. Então, curvando-se sobre essa forma magnífica, o Criador “soprou nas narinas o fôlego de vida, e o homem passou a ser alma vivente” (Gênesis 2:7).

Façamos uma pausa e observemos algo por um momento. Quando Deus formou os elementos da terra em um corpo, Ele “soprou” o fôlego da vida” nas narinas do corpo sem vida de Adão, e só então o homem se tornou um “ser vivente”. Este “sopro de vida é “o sopro do Todo-Poderoso”, de acordo com Jó 33:4, onde lemos: “O Espírito de Deus me fez, e o sopro do Todo-Poderoso me dá vida”. Isso nos mostra que um ser humano é composto de um corpo e do sopro da vida de Deus. Quando os dois estão juntos, há vida. Quando separados, não há vida.

Necessidade de uma companheira

Percebendo a necessidade de companhia do homem, Deus declarou, como lemos em Gênesis 2:18: “Não é bom que o homem esteja só; far-lhe-ei uma auxiliadora que lhe seja idônea”.

A Bíblia nos diz que Deus causou “um sono profundo” sobre Adão, e enquanto Adão dormia, Deus extraiu uma das costelas de Adão e a transformou em uma mulher. Ele então acordou Adão e o apresentou a Eva. Imagine que reunião deve ter sido!

“E Deus os abençoou e lhes disse: Sede fecundos, multiplicai-vos, enchei a terra e sujeitai-a; dominai sobre os peixes do mar, sobre as aves dos céus e sobre todo animal que rasteja pela terra” (Gênesis 1:28).

Ele os colocou em sua bela casa, o Jardim do Éden, onde viveriam para sempre em suprema felicidade. Infelizmente, porém, embora tenham sido criados perfeitos e à imagem de Deus, e colocados em um ambiente perfeito, Adão e Eva se tornaram transgressores e caíram em pecado – e toda a dor, miséria e morte que isso traz.

Plano de salvação

No entanto, Deus em Sua infinita sabedoria, tinha um plano para salvar a raça humana da ruína eterna, e Ele compartilhou essa esperança com Adão e Eva após a queda. Falando a Satanás, Deus disse: “Porei inimizade entre ti e a mulher, entre a tua descendência e o seu descendente. Este te ferirá a cabeça, e tu lhe ferirás o calcanhar” (Gênesis 3:15).

A mensagem de Deus trouxe encorajamento porque anunciou que, embora Satanás tivesse trazido a humanidade sob seu feitiço maligno, em última análise, ele seria derrotado e um meio de escape seria feito para todas as pessoas que escolhessem esse caminho através de nosso Salvador, Jesus Cristo.

Esta aliança da graça foi desenvolvida mesmo antes da queda. As Escrituras apontam que antes da Criação, os membros da Divindade haviam feito um pacto entre Si para resgatar a raça se ela caísse em pecado. Lemos em Efésios 1:4-7: “nos predestinou para Ele, para a adoção de filhos, por meio de Jesus Cristo, segundo o beneplácito de sua vontade, para louvor da glória de sua graça, que ele nos concedeu gratuitamente no Amado, no qual temos a redenção, pelo seu sangue, a remissão dos pecados, segundo a riqueza da sua graça”.

E falando do sacrifício expiatório de Cristo, o apóstolo Pedro escreveu: “Conhecido, com efeito, antes da fundação do mundo” (1 Pedro 1:20).

Sim, meus amigos, somos preciosos aos olhos de Deus. Nós somos a obra de Sua criação – e de Sua recriação por meio de Sua salvação.

Crença Fundamental “A Natureza da Humanidade”

Como nossa Crença Fundamental Adventista do Sétimo Dia nº 7 declara:

“O homem e a mulher foram formados à imagem de Deus, com individualidade, poder e liberdade de pensar e agir. Conquanto tenham sido criados como seres livres, cada um é uma unidade indivisível de corpo, mente e espírito, e dependente de Deus quanto à vida, respiração e tudo o mais. Quando nossos primeiros pais desobedeceram a Deus, eles negaram sua dependência dEle e caíram de sua elevada posição abaixo de Deus. A imagem de Deus, neles, foi desfigurada, e tornaram-se sujeitos à morte. Seus descendentes partilham dessa natureza caída e de suas consequências. Eles nascem com fraquezas e tendências para o mal. Mas Deus, em Cristo, reconciliou consigo o mundo e por meio de Seu Espírito restaura nos mortais penitentes a imagem de seu Criador. Criados para a glória de Deus, eles são chamados para amá-Lo e uns aos outros, e para cuidar de seu ambiente.”

Você pode ler mais sobre essa bela crença bíblica visitando o endereço que aparece na parte inferior da tela: adventistas.org/pt/institucional/crencas

Amigos, o amor de Deus por nós é real. Ele nos criou, nos redimiu e promete um dia nos restaurar completamente.

A transgressão escraviza

Nesse livro maravilhoso, Caminho a Cristo, lemos este pensamento surpreendente: “Pela transgressão tornam-se os filhos dos homens sujeitos a Satanás. Pela fé no sacrifício expiatório de Cristo, os filhos de Adão podem voltar a ser filhos de Deus. Assumindo a natureza humana, Cristo elevou a humanidade. Os homens caídos são colocados na posição em que, mediante a conexão com Cristo, podem na verdade tornar-se dignos do nome de ‘filhos de Deus” (Caminho a Cristo, p. 15).

Que maravilhoso Criador, Salvador, Redentor e Amigo que temos em Jesus Cristo! Vamos orar a Ele agora mesmo.

Pai nosso que estás nos céus, obrigado pelo plano da salvação, uma maneira incrível e amorosa de fazer provisão para as pessoas que o Senhor sabia que cairiam de um estado perfeito. Obrigado por enviares Jesus, obrigado por nos permitir participar e ser beneficiários desta incrível graça e amor por parte de nosso Salvador Jesus Cristo. Nós nos colocamos agora em Tuas mãos e pedimos que Tu continues a nos refazer à imagem de Deus. Em nome de Jesus nós pedimos, amém.


Ted Wilson é o presidente mundial da Igreja Adventista do Sétimo Dia.

Facebook Comments Box

sobre Portal Adventista Baixo Guandu

Avatar
"É um grande privilégio de elaboração do site PORTAL ADVENTISTA DE BAIXO GUANDU/ES, no dia 18 de Setembro 2014 para a divulgação aqui na cidade local, regional e em todos os Países. Nosso Objetivo é divulgarmos os programas, materiais entre outros que se realizam na Igreja Adventista do Sétimo Dia, em prol do Evangelho Eterno, assim diz o Senhor: “ Breve Jesus Cristo Voltará” Apocalipse 22:1-21. Portanto não será então em benefício próprio, sim a necessidade desse divulgação nessa cidade que todos se entregam sua vida a Jesus Cristo, nosso Salvador. Att: Thiago Amaral de Oliveira - Baixo Guandu/ES."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

dezessete − 3 =

×

Sejam Bem-Vindos!

Sejam Bem Vindos ao Nosso Portal Adventista de Baixo Guandu/ES. Estamos a Disposição 24 Horas.

× Fale Conosco 24 horas!