Novidades

Dia 02: O Segredo da Felicidade da Família – 19 de Fevereiro 2021




Dia 2 – O segredo da felicidade da família

ESCUTE, ISRAEL, O SENHOR, NOSSO DEUS, É O ÚNICO SENHOR. PORTANTO, ame o SENHOR, seu Deus, de todo o seu coração, de toda a sua alma e com toda a sua força. Estas palavras que hoje Ihe ordeno estarão no seu coração. Você as inculcará a seus filhos, e delas falará quando estiver sentado em sua casa, andando pelo caminho, ao deitar-se e ao levantar-se. Também deve amarrá-las como sinal na sua mão, e elas Ihe serão por frontal entre as olhos. E você as escreverá nos umbrais de sua casa e nas suas portas (Dt 6:4-9).

Todo aquele, pois, que ouve estas Minhas palavras e as pratica será comparado a um homem prudente que construiu a sua casa sabre a rocha. Caiu a chuva, transbordaram os rios, sopraram os ventos e bateram com força contra aquela casa, e ela não desabou, porque tinha sido construída sabre a rocha (Mt 7:24, 25).

Vocês examinam as Escrituras, porque julgam ter nelas a vida eterna, e são alas mesmas que testificam de Mim. Contudo, vocês não querem vir a Mim para ter vida (Jo 5:39, 40).

Se permanecerem em Mim, e as Minhas palavras permanecerem em vocês, pedirão o que quiserem, e lhes será feito (Jo 15:7)

Na manhã seguinte, levantaram cedo e foram para o deserto de Tecoa. Ao saírem, Josafá se pôs em pé e disse: – Escutem, povo de Judá e moradores de Jerusalém! Creiam no SENHOR, seu Deus, e vocês estarão seguros; creiam nos profetas do Senhor e vocês serão bem sucedidos (2Cr 20:20).

A tragédia de um lar sem oração

Não sei de nada que me cause tão grande tristeza como um lar sem oração. Não me sinto segura em uma casa assim uma noite sequer; se não fosse a esperança de ajudar os pais a reconhecerem sua necessidade e sua triste negligência, eu ali não permaneceria. Os filhos mostram o resultado dessa negligência, pois não têm o temor de Deus (Orientação da Criança, p. 360 [518]).

Casas de oração

Se já houve tempo em que toda casa deveria ser uma casa de oração, agora é esse tempo. Prevalecem a incredulidade e o ceticismo. Predomina a iniquidade. A corrupção entra nas correntes vitais da alma, e irrompe na vida a rebelião contra Deus. Escravas do pecado, as faculdades morais estão sob a tirania de Satanás. A alma torna-se o joguete de suas tentações; e a menos que se estenda um braço poderoso para o salvar, o ser humano passa a ser dirigido pelo arquirrebelde (Testemunhos Para a lgreja, v. 7, p.42).

De manhã e à noite devemos obter a vitória para nós mesmos, em nossa própria família. Nosso trabalho diário não deve nos impedir disso. Precisamos tomar tempo para orar, e ao orar, crer que Deus nos ouve. Talvez nem sempre tenhamos a sensação de uma resposta imediata, mas é então que a fé é provada. Somos provados para ver se continuaremos em Deus, se temos uma fé viva e Inabalável (E Recebereis Poder. p. 369).

A família e o estudo da Bíblia

Na educação de nossos filhos, não devemos deixar de lado as grandes verdades da Bíblia, supondo que a Escola Sabatina e os pastores farão a obra que nós negligencimos. A Bíblia não é intocavelmente sagrada e sublime a ponto de não poder ser aberta todos os dias e estudada cuidadosamente (O Lar Adventista, p. 189).

O conhecimento que as crianças e os jovens precisam adquirir para ser úteis nesta vida e que podem levar consigo para a vida futura está na Palavra de Deus. Isso, no entanto, não é incentivado e apresentado diante deles como o conhecimento mais essencial e como aquilo que proporcionará a informação mais correta acerca do verdadeiro Deus e de Jesus Cristo a quem Ele enviou (Fundamentos da Educação Cristã, p. 384)

É necessário que toda família faça da Bíblia seu Livro de estudo. Os dizeres de Cristo são ouro puro, isento de toda partícula de escória, a não ser que os homens, com seu entendimento humano, procurem colocá-la ali e fazer com que a mentira pareça parte da verdade. Aos que receberam a falsa interpretação da Palavra, quando examinam as Escrituras com o decidido esforço de obter a própria essência da verdade contida nelas, o Espírito Santo abre os olhos de seu entendimento, e as verdades da Palavra lhes são como uma nova revelação (Fundamentos da Educação Cristã , p. 386).

Caráter nobre não vem por acaso

Ao serem levadas para a vida prática, as lições da Bíblia exercem influência moral e religiosa sobre o caráter. Timóteo aprendeu e pôs em prática essas lições. O grande apóstolo frequentemente o sondava e lhe fazia perguntas sobre a história das Escrituras. Mostrou-lhe a necessidade de evitar todo mau caminho e lhe disse que a bênção certamente acompanharia todos os fiéis e verdadeiros, dando-lhes uma varonilidade íntegra e nobre. Uma varonilidade nobre e completa não vem ao acaso. É resultado do processo modelador da edificação do caráter nos primeiros anos da juventude, e da prática da lei de Deus no lar. Deus abençoará os esforços fiéis de todos os que ensinam os filhos como Ele orientou (Orientação da Criança, p. 28 [41, 42]),

Métodos de estudo em família

Tenharn regularidade no estudo das Escrituras em família. Deixem de lado qualquer coisa de natureza temporal; […] mas se certifiquem de estarem alimentados com a pão da vida. E impossível avaliar os bons resultados de uma hora ou mesmo de meia hora diária, dedicada à Palavra de Deus, de maneira alegre e sociaI. Façam que a Bíblia interprete a si mesma, juntando tudo, relativamente a um determinado assunto, o que foi dito em tempos diferentes e sob variadas circunstâncias. Não permitam que o estudo doméstlco seja interrompido por causa de visitantes. Se chegarem durante o estudo, convidem as visitas a tomar parte nele, mostrem que vocês consideram mais importante obter conhecimento da Palavra de Deus do que obter lucros ou prazeres mundanos (Conselhos Sobre a Escola Sabatina. p 42, 43).

As verdades da Palavra de Deus devem ser relacionadas com as coisas da vida consideradas pequenas. Se forem corretamente levadas em consideração, elas animarão a vida comum, dando motivos para a obediência e princípios para a formação de um caráter correto (O Lar Adventista, p 151 [189])

A natureza revela a grandeza divina

Toda criança pode obter conhecimento das obras da natureza e das páginas da santa Palavra de Deus, como o fez Jesus. À medida que procuramos nos familiarizar com nosso Pai celestial por meio de Sua Palavra, os anjos se aproximarão de nós, nossa mente se fortalecerá, nosso caráter se elevará e se refinará, e nos tornaremos mais semelhantes a nosso Salvador. Ao contemplarmos o que é belo e grandioso na natureza, nossas afeições se dirigirão a Deus; enquanto o espírito se enche de reverência, a alma é fortalecida ao se pôr em contato com o Infinito por meio de Suas obras. A comunhão com Deus por meio da oração desenvolve as faculdades mentais e morais, e as energias espirituais se fortalecem ao cultivamos pensamentos de caráter espiritual. (Fundamentos da Educação Cristã, p. 443).

O Espírito de Profecia e a família

Os livros do “Espírito de Profecia” e também os “Testemunhos” devem estar disponíveis em toda família observadora do sábado; e os irmãos devem conhecer o valor deles e ser fortemente motivados a lê-los. Não foi o plano mais sábio reduzir tanto o preço desses livros, e ter em cada igreja somente uma coleção deles. Devem figurar na biblioteca de cada família, e ser lidos e relidos. Coloquem-se onde possam ser lidos por muitas pessoas (Testemunhos Seletos, v. 2, p. 291).

Formamos o costume de Ier livros instrutivos e interessantes com a Biblia, no círculo da família, e nossos filhos ficavam sempre contentes quando assim os entretínhamos, Desse modo, preveníamos o irriquieto desejo de estar fora na rua, com companheiros de sua idade, ao mesmo tempo que cultivávamos neles o gosto pela leitura sadia. […] Os volumes do “Espírito de Profecia” devem estar em toda família e ser lidos em voz alta no círculo familiar. […] Os Testemunhos contêm instruções que servem para todos, tanto pais como filhos. […] O tempo deve ser consagrado à leitura das Escrituras e de outros livros intetessantes que comuniquem conhecimento e bons princípios (Review and Herald, 26 de dezembro de 1882).

Motivos de oração

1- Para que nos 10 dias você e sua família tenham mais comunhão com Deus.

2 – Por seus cinco familiares.

Atividade missionária

lnforme a seus cinco familiares que está orando por eIes e pergunte se há algum motivo específico pelo qual eles querem que você ore.

Facebook Comments

sobre Portal Adventista Baixo Guandu

Avatar
"É um grande privilégio de elaboração do site PORTAL ADVENTISTA DE BAIXO GUANDU/ES, no dia 18 de Setembro 2014 para a divulgação aqui na cidade local, regional e em todos os Países. Nosso Objetivo é divulgarmos os programas, materiais entre outros que se realizam na Igreja Adventista do Sétimo Dia, em prol do Evangelho Eterno, assim diz o Senhor: “ Breve Jesus Cristo Voltará” Apocalipse 22:1-21. Portanto não será então em benefício próprio, sim a necessidade desse divulgação nessa cidade que todos se entregam sua vida a Jesus Cristo, nosso Salvador. Att: Thiago Amaral de Oliveira - Baixo Guandu/ES."

Além disso, verifique!

Tema 09: Fonte de Poder na Família

Texto: “Disse-lhe, porém, o anjo: Zacarias, não temas, porque a tua oração foi ouvida; e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezenove − cinco =