Diga-me que brinquedo você compra e eu direi quem você adora

Enquanto estamos neste mundo, tudo o que fazemos, as decisões que tomamos, marcam um curso no qual o grande conflito entre o bem e o mal no qual estamos imersos. E algo tão pouco relevante aos olhos de alguns é quanto à escolha dos brinquedos que damos às crianças.

Leia também:

Os brinquedos são objetos que servem para brincar, aprender e divertir. Eles servem como mediador na brincadeira, algo tão vital para o desenvolvimento das crianças. Brinquedos das mais variadas cores, texturas, funções e qualidades são acessíveis aos nossos filhos. Portanto, aqui não se coloca a reflexão sobre se o brinquedo é seguro ou apropriado para a idade da criança, pois essa informação é acessível a todos. O objetivo é pensar se o brinquedo que dou a meu filho pode interferir em sua caminhada cristã que apenas começou.

O que representa o brinquedo. Por trás dos brinquedos existem empresas que investem dinheiro para gerar vendas incentivando o consumo e promovendo filosofias. Assim como há alguns que defendem a criatividade e a imaginação, outros promovem a violência ou a prática de habilidades não reais, como superpoderes. Vamos evitar dar de presente brinquedos que coloquem a criança em contato com monstros, feitiçaria, violência, atividades sobrenaturais, estereótipos equivocados de beleza, alienígenas, deuses da mitologia, etc. Muitos pais cristãos impedem que seus filhos assistam a filmes que tratam desses assuntos, mas se mostram menos resistentes ao permitir que eles brinquem com brinquedos relacionados. As crianças tendem a imitar o que chama sua atenção e admiração, o que, em alguns casos, pode ser perigoso, porque na fantasia infantil se mistura com a realidade: crianças que pulam da mesa tentando voar como seu personagem favorito, outras que sofrem com pesadelos por medo, crescem com uma visão equivocada sobre beleza e aparência, etc. Não incentivemos o fanatismo através do consumo de brinquedos que idolatram personagens populares da mídia.

Os brinquedos não substituem os pais. A maior riqueza de brincar com um brinquedo muitas vezes é a interação que gera com o adulto, especialmente quando as crianças são pequenas. Por favor, não cometa o erro de pensar que sua única função é dar brinquedos de presente para a criança para entretê-la, nem dê presentes para compensar sua ausência. O que a criança necessita, mais do que um brinquedo, é sua presença.

As crianças não precisam de todos os brinquedos que pedem. É normal que elas peçam e queiram aquilo que chama sua atenção, mas isso não significa que você deve comprá-lo. Lembre-se de que as primeiras lições de educação financeira começam com esses pedidos simples: as compras de objetos que não são de primeira necessidade podem e devem ser planejadas, através da economia, por exemplo. É fundamental ensinar a diferença entre precisar e querer.

De que brinquedos meu filho precisa? Você certamente quer que seu filho seja feliz brincando e desenvolvendo sua criatividade e imaginação saudável. Hoje temos muitos brinquedos disponíveis, que são grandes aliados na educação em valores.

A criança precisa de brinquedos que a conectem ao mundo real: profissões, animais e natureza, cores, comidas, ciências, habilidades manuais, atividades diárias, etc. O acesso a livros também é ideal para desenvolver o hábito da leitura, o sossego, a imaginação, entre outros grandes benefícios.

A recomendação é que os brinquedos não tenham pilhas e que sejam simples, embora de boa qualidade.

Que o critério de Filipenses 4:8 seja um guia para a escolha dos brinquedos que damos às crianças: “[…] tudo o que for verdadeiro, tudo o que for nobre, tudo o que for correto, tudo o que for puro, tudo o que for amável, tudo o que for de boa fama, se houver algo de excelente ou digno de louvor, pensem nessas coisas” (NVI).

Facebook Comments Box

sobre Portal Adventista Baixo Guandu

"É um grande privilégio de elaboração do site PORTAL ADVENTISTA DE BAIXO GUANDU/ES, no dia 18 de Setembro 2014 para a divulgação aqui na cidade local, regional e em todos os Países. Nosso Objetivo é divulgarmos os programas, materiais entre outros que se realizam na Igreja Adventista do Sétimo Dia, em prol do Evangelho Eterno, assim diz o Senhor: “ Breve Jesus Cristo Voltará” Apocalipse 22:1-21. Portanto não será então em benefício próprio, sim a necessidade desse divulgação nessa cidade que todos se entregam sua vida a Jesus Cristo, nosso Salvador. Att: Thiago Amaral de Oliveira - Baixo Guandu/ES."

Além disso, verifique!

Repense sua liderança

Descubra três características essenciais para líderes cristãos. Às vezes, para se alcançar resultados é preciso …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × 4 =

×

Sejam Bem-Vindos!

Sejam Bem Vindos ao Nosso Portal Adventista de Baixo Guandu/ES. Estamos a Disposição 24 Horas.

× Fale Conosco 24 horas!