O lado obscuro da internet dentro de sua casa

Os predadores aproveitam esses tipos de páginas da internet para obter material de abuso infantil gerado pelas próprias crianças.

Onde seus filhos estão agora? E o que estão fazendo? Talvez sejam perguntas que te façam pular do sofá porque você não sabe onde eles estão. Podem até estar dentro de casa, aparentemente seguros, mas submersos em sites onde há molestadores que podem estar ameaçando-os nas redes sociais ou nos videogames e você não sabe disso. Essas experiências podem afetar a vida das crianças para sempre, gerando traumas que terão que ser tratados por profissionais de saúde mental.[1]

Leia também:

O Centro Nacional para Crianças Desaparecidas e Exploradas (NCMEC), com sede nos Estados Unidos, informou a um meio de comunicação internacional que em março de 2020 recebeu mais de dois milhões de notificações de material de abuso infantil, muito mais que o dobro do que foi relatado em março de 2019.[2]

Sem dúvida, a pandemia permitiu que mais crianças se conectassem à Internet, e isso implica em grandes riscos se os pais não estiverem atentos ao que seus filhos procuram na Internet. Para os especialistas, os pedófilos têm em comum três características: em sua grande maioria, são homens, sabem como manusear a tecnologia, criam perfis falsos e se passam por crianças nos chats de videogames ou nas redes sociais.

Uma vez que esses criminosos ganham a confiança da criança, pedem que se gravem pelados ou mostrando partes de seus pequenos corpos. Quando as crianças enviam as imagens, os pedófilos as chantageiam ou ameaçam para conseguir mais materiais que alimentem seus propósitos. E isso se falarmos só de pedofilia, porque os pedófilos também estão em busca de suas vítimas pelos mesmos meios.

Cuidado com esta rede

Um dos sites que cresceram muito na pandemia se chama Omegle. É um lugar sem restrições de idade, onde os usuários podem se conectar com desconhecidos por meio de vídeo, inclusive sem a necessidade de criar uma conta.

O crescimento exponencial do Omegle partiu da rede social Tik Tok, uma vez que vídeos no Omegle se tornaram virais. Isso fez com que se tornasse uma moda para muitos usuários do Tik Tok conversar com desconhecidos no Omegle.

Testemunhas de Youtubers que ingressaram no Omegle compartilham que é possível ver desde crianças até adultos. Adolescentes informaram ter visto homens e pré-adolescente se masturbando, homens nus, tentativas de suicídio e até anúncios pornográficos.

Para verificar se o site era real, procurei no Google a palavra Omegle. Então, dei um clique e entrei no site. Lá pude comprovar que não é necessária uma conta; é só clicar em iniciar e permitir que o chat acesse a câmera e o microfone do computador ou dispositivo. Claro, não me atrevi a iniciar uma conversa depois de tudo o que havia pesquisado sobre essa página obscura da Internet que está ao alcance de todos.

Acho que não é preciso dizer que os predadores se aproveitam desses tipos de páginas para conseguir imagens de abuso infantil tiradas pelas próprias crianças. Permita-me perguntar novamente: Onde estão seus filhos? Em seus quartos, mergulhados em seus computadores, celulares ou tablets?

O apóstolo Paulo já nos alertava sobre o carácter dos homens nos últimos dias. Em sua segunda carta a Timóteo, capítulo 3, versos de 1 a 5, lemos:

1 Mas você precisa saber disto: nos últimos dias, sobrevirão tempos difíceis.

2 Pois os seres humanos serão egoístas, avarentos, orgulhosos, arrogantes, blasfemadores, desobedientes aos pais, ingratos, ímpios,

3 sem afeição natural, implacáveis, caluniadores, sem domínio de si, cruéis, inimigos do bem,

4 traidores, atrevidos, convencidos, mais amigos dos prazeres do que amigos de Deus,

5 tendo forma de piedade, mas negando o poder dela. Fique longe também destes.

Hoje, mais do que nunca, precisamos estar vigilantes contra os ataques que o inimigo apresenta dentro de nossos lares. Ore por seus filhos, levante um altar a Deus diariamente (você pode aprender mais sobre o tema em meu artigo anterior) e experimente a proteção do Altíssimo.

Observe o que a famosa escritora Ellen White menciona em seu livro La Oración: “Pais e mães, por mais urgentes que sejam vossos afazeres, não deixeis de reunir vossa família em torno do altar de Deus. Pedi a guarda dos santos anjos, em vosso lar. Lembrai-vos de que vossos queridos estão sujeitos a tentações”. Mais à frente, ela continua dizendo: “Pela manhã e pela tarde, o universo celestial fica atento a cada casa que ora”[3].

Que maravilhoso é ter a proteção de Deus no lar! Não espere mais, permita que Deus proteja o que você mais ama, sua família.


Referências

[1] Artigo: Siete riesgos que tiene Internet para los niños. Disponível em: https://www.emy.org/7-riesgos-que-tiene-internet-para-los-ninos

[2] Artigo: Omegle: la página de videochat en vivo en la que menores de edad se exhiben sexualmente frente a adultos. Disponível em: https://www.bbc.com/mundo

[3] Artigo: La familia debe orar unida cada mañana. Disponível em: https://m.egwwritings.org/es/book/1765.1356#1359

Facebook Comments Box

sobre Portal Adventista Baixo Guandu

Avatar
"É um grande privilégio de elaboração do site PORTAL ADVENTISTA DE BAIXO GUANDU/ES, no dia 18 de Setembro 2014 para a divulgação aqui na cidade local, regional e em todos os Países. Nosso Objetivo é divulgarmos os programas, materiais entre outros que se realizam na Igreja Adventista do Sétimo Dia, em prol do Evangelho Eterno, assim diz o Senhor: “ Breve Jesus Cristo Voltará” Apocalipse 22:1-21. Portanto não será então em benefício próprio, sim a necessidade desse divulgação nessa cidade que todos se entregam sua vida a Jesus Cristo, nosso Salvador. Att: Thiago Amaral de Oliveira - Baixo Guandu/ES."

Além disso, verifique!

Como venci o “FoMo”

A avidez por informações pode se tornar um problema de saúde. Mas existem estratégias para …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × 4 =