Os Dez Mandamentos | 7º Mandamento

De acordo com alguns dicionários, adulterar significa literalmente “alterar”, “corromper”, “violar”… “tirar alguém ou alguma coisa do seu estado original”. Olhando por este ângulo, muito além da realidade sobre adultério entre pessoas casadas, o adultério pode começar muito antes de estarmos em união conjugal. Como? Simplesmente violando ou tirando do original o lugar que Deus criou e habita – o Santuário do Espírito Santo, o seu e o meu corpo!
O mundo atual trata este assunto como uma piada, alegando que “os tempos são outros”. E é verdade. Os tempos são outros, mas as pessoas se esqueceram que o Deus continua sendo o mesmo. O desejo dele é que seus filhos consagrem seus corpos para uma única pessoa. Acredita-se em Deus, mas não acredita-se no seu Livro, portanto, tudo que “não se encaixa” com os padrões e desejos humanos, faz-se “vista grossa”. Lembre-se: Quem acredita em Deus e ou Jesus, só o faz por causa que a bíblia existe! Foi ela que nos trouxe esta informação. Então porque só consideramos algumas partes dela?
Se me considero filho de Deus, automaticamente estou declarando a Ele que tudo que tenho e que sou Lhe pertence. Todas as coisas, inclusive meu corpo, não me pertence (I Cor 6:19). Partindo desta verdade, não sou mais eu que decido apesar das minhas fraquezas o que meu corpo deseja, mas faço o que Deus deseja. Deus inspirou o apóstolo Paulo que recomendasse que os homens tratassem as mulheres com toda pureza, como se fossem suas irmãs (I Timóteo 5:2) e desta forma podemos concluir que as mulheres façam o mesmo, enquanto não forem casadas. Está escrito: “Fugi da impureza! Qualquer outro pecado que uma pessoa cometer, é fora do corpo; mas aquele que pratica a imoralidade peca contra o próprio corpo” (I Cor 6:18). O que deveria ser o Templo Sagrado do Espírito tornou-se o relicário da luxúria, co-irmã da concupisciência, da lascívia e da sensualidade. A fornicação (que inclui ter relações sexuais sem estar casado) também é outro problema. Os termos “prostituta”, “fornicação”, “fornicar” e “fornicador” são da mesma raiz em grego da palavra “vender”, que é a base da palavra em português para PORNOGRAFIA. Está escrito: “Porque as obras da carne são manifestas, as quais são: adultério, prostituição, impureza, lascívia… como já vos disse, que os que cometem tais coisas não herdarão o reino de Deus” (Gal 5:19-21). “Mas quanto aos… homicidas, e aos fornicadores… e todos os mentirosos, a sua parte será no lado que arde com fogo e enxofre; que é a segunda morte” (Apoc 21:8).
Como tudo que Deus nos propõe, os resultados são sempre bençãos e não o contrário. Há benção em se manter intacto para o seu cônjuge, mesmo que você não o conheça ainda! Você deve conhecer o exemplo de alguém que não ouviu a Deus neste sentido e paga o preço por esta desobediência – mãe solteira, dificuldades com criação e educação da criança, problemas com o pai; revolta da criança, problemas de pensão, problemas com os próprios pais… etc e etc! São muitos os exemplos.
Adultério no casamento então: lares falidos, filhos infelizes, enganos, mentiras e até morte. Está escrito: “O que comete adultério não tem juízo; todo aquele que assim procede a si mesmo se destrói” (Prov 6:32).
Entre tantos problemas, quer queiramos ou não, os fornicadores e os adúlteros são os principais disseminadores das DSTs (Doenças Sexualmente Transmissíveis) como Aids, Hepatite B, Herpes etc. Para se ter idéia, o vírus HIV é 450 vezes menor que um espermatozóide! Sexo seguro? A melhor resposta é a de Deus: “casamento puro”. Está escrito: “Venerado seja entre todos o matrimônio e o leito sem mácula; porém, aos que se dão à prostituição, e aos adúlteros, Deus os julgará” (Hb 13:4).
Não faça do sexo (algo criado por Deus) algo banal e sem valor. Faça dele um presente inestimável de Deus para você. É algo muito maior do que recreação e satisfação. Deve ser realizado dentro dos padrões de quem o inventou e não pelos nossos. Contudo, se você não sabia desta vontade do Pai como eu também, vale o recado: “Se confessarmos os nossos pecados, Ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos PURIFICAR de toda a injustiça” (I João 1:9).
REFLEXÃO: “Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai” (Filipenses 4:8).
Facebook Comments Box

sobre Portal Adventista Baixo Guandu

Avatar
"É um grande privilégio de elaboração do site PORTAL ADVENTISTA DE BAIXO GUANDU/ES, no dia 18 de Setembro 2014 para a divulgação aqui na cidade local, regional e em todos os Países. Nosso Objetivo é divulgarmos os programas, materiais entre outros que se realizam na Igreja Adventista do Sétimo Dia, em prol do Evangelho Eterno, assim diz o Senhor: “ Breve Jesus Cristo Voltará” Apocalipse 22:1-21. Portanto não será então em benefício próprio, sim a necessidade desse divulgação nessa cidade que todos se entregam sua vida a Jesus Cristo, nosso Salvador. Att: Thiago Amaral de Oliveira - Baixo Guandu/ES."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

8 + 20 =

×

Sejam Bem-Vindos!

Sejam Bem Vindos ao Nosso Portal Adventista de Baixo Guandu/ES. Estamos a Disposição 24 Horas.

× Fale Conosco 24 horas!