Os Dez Mandamentos | 8º Mandamento

O “caminho fácil” sempre foi objeto de cobiça da maioria da humanidade. A tentação de se obter algo para satisfação própria mediante menos ou nenhum esforço, é uma realidade que brota na mente de quase todos os homens. Linhas de conduta, como integridade, caráter e honestidade, mais do que nunca, são facilmente negociadas como vemos hoje no mundo atual. Assuntos como “mensalão”, “caixa dois”, “desvio de verbas”, “superfaturamento”, são tão comuns que nem nos trazem mais espanto. O que é errado se tornou tão certo que ser honesto é quase imoral. Lembro-me da ocasião em que um rapaz entrou na minha loja e me “ofereceu meio a meio” se eu passasse “seu” cartão de crédito clonado. Quando disse que não, ele sorriu e achou aquilo o fim do mundo, como se dissesse: “Esse cara é muito burro”!
Quando falamos em furto, lembramos facilmente daquela pessoa que roubou nosso carro, nossa casa, carteira… enfim, são estes tipos de pessoas ou histórias comuns que nos trazem parâmetros entre o que somos e o que é ser um ladrão. Mas será que roubar é só isto? Será que para ser ladrão eu preciso estar na posição da maioria dos políticos, dos assaltantes de carros, de casas ou de bancos? Pois é, esta é a má notícia de hoje. Para ser ladrão e ser acusado acima de tudo por Deus, eu preciso fazer muito menos do que isto que lemos. Para Deus não existe pecadinho e pecadão, somente pecado. Para Ele não há uma escala de 0 a 10 entre ser honesto ou desonesto. Muito menos alguém que possa ser chamado apenas de meio honesto. Ou é inteiramente ou não o é! Está escrito: “Ajuntar tesouros com língua falsa é uma vaidade fugitiva; aqueles que os buscam, buscam a morte” (Prov 21:6). Percebe? Não é necessário propriamente roubar. Basta manipular informação, mentir, exagerar ou dizer menos que toda a verdade. Isto inclui fraude, trapaça, falcatrua ou qualquer espécie de engano para que se tire vantagem de alguém.
Outra maneira muito comum de transgredir este mandamento, é vendendo ou adquirindo cópias de cd´s, dvd’s, programas de computadores, roupas, acessórios, eletrônicos e similares de empresas ou profissionais sem que estes recebam seus direitos autorais. Talvez alguém esteja pensando: Mas porque pagar vinte se eu posso pagar dois na banca da esquina? Porque pagar trezentos pelo Windows se eu posso copiar de graça? Porque pagar trezentos pelo jogo de game se posso pagar trinta pelo pirata? A resposta é uma só: se eu não posso comprar, fico sem! Ou então, porque gastar horas numa monografia se eu posso levar cinco minutos para obter uma pronta na internet? E quanto ao governo? Eles arrecadam bilhões, então porque não dar uma camuflada na minha declaração? Afinal de contas, é o que as “pessoas espertas” fazem não é verdade? Mais ou menos como o rapaz do cartão clonado se sentia em relação a VISA que arrecada bilhões e “merece” tomar alguns prejuízos.
Há ainda muitas outras maneiras, mas o espaço não permite. Desde acabar com a reputação de alguém falsamente roubando-a a estima até roubar o direito da boa educação de uma criança quando seus pais são ausentes e agressivos.
Que eu e você possamos respeitar o que é do outro! Se achou algo, pegou emprestado, devolva. Se comprou, pague. Se algo foi colocado sob sua administração, administre: não desvie para si, não desvie para outro. Se você é empregado, não se esconda atrás da injustiça do patrão para fraudá-lo, seja fingindo que trabalha ou fazendo as coisas de qualquer jeito. Não corrompa. Não dê dinheiro por fora. Não dê propina. Se errou no transito, pague a multa; não tente subornar o guarda. Não receba dinheiro por fora. Não faça favores em troca de dinheiro. Enfim, seja honesto. Mesmo que tudo pareça bem hoje, tudo aquilo que está oculto, um dia será cobrado por Deus. “A pessoa honesta anda em paz e segurança, mas a desonesta será desmascarada” (Prov 10:9).
Facebook Comments Box

sobre Portal Adventista Baixo Guandu

Avatar
"É um grande privilégio de elaboração do site PORTAL ADVENTISTA DE BAIXO GUANDU/ES, no dia 18 de Setembro 2014 para a divulgação aqui na cidade local, regional e em todos os Países. Nosso Objetivo é divulgarmos os programas, materiais entre outros que se realizam na Igreja Adventista do Sétimo Dia, em prol do Evangelho Eterno, assim diz o Senhor: “ Breve Jesus Cristo Voltará” Apocalipse 22:1-21. Portanto não será então em benefício próprio, sim a necessidade desse divulgação nessa cidade que todos se entregam sua vida a Jesus Cristo, nosso Salvador. Att: Thiago Amaral de Oliveira - Baixo Guandu/ES."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

dezesseis − 3 =

×

Sejam Bem-Vindos!

Sejam Bem Vindos ao Nosso Portal Adventista de Baixo Guandu/ES. Estamos a Disposição 24 Horas.

× Fale Conosco 24 horas!