Introdução: Buscar e Salvar o Perdido

BUSCAR E SALVAR O PERDIDO

A cada ano, os 10 Dias de Oração têm sido uma celebração espiritual em que famílias e amigos se reúnem, em espírito de oração, para clamar ao Senhor as bênçãos que Ele quer conceder a Seu povo. A maior de todas elas é o derramamento do Espírito Santo. Esse também é o início de um processo que envolve preparação, semeadura, crescimento e colheita de novos discípulos para Jesus. Em 2020, nosso fervor deve ser ainda maior; nossas orações, mais incessantes. Devemos buscar mais o Todo-Poderoso com nossas súplicas. Vamos interceder especialmente por aqueles que estão afastados dos caminhos do Senhor e da família da fé. Ellen White, inspirada por Deus, afirma: “Enquanto o pecador ainda está distante da casa paterna, esbanjando os seus bens em uma terra estranha, o coração do Pai o quer de volta; e cada desejo de retornar para Deus, despertado no coração, não é outra coisa senão a terna voz do Seu Espírito, suplicando, insistindo, atraindo o desviado para o coração cheio de amor do Pai” ( Caminho a Cristo , p. 54). Aqueles que são discípulos de Jesus se esforçam, pela graça divina, para se identificar totalmente com Ele. Isso significa que nosso coração também deve desejar ter em nosso meio os filhos de Deus que se afastaram por algum motivo. Eles são nossos irmãos, que estão distantes da casa do Pai e da família. Jesus os está atraindo e quer continuar fazendo isso por intermédio de cada um de nós. Por isso, você e sua igreja oraram e se prepararam para esses 10 Dias de Oração, visitaram aqueles que por diversos motivos não estão vindo mais à igreja. Chegou a hora de jejuar e orar para que o Senhor Se levante e mova poderosamente Seu braço para resgatar Seus filhos enquanto Sua igreja se coloca de joelhos movendo o coração em favor deles. Todos os anos, começamos com 10 Dias de Oração, sendo o último sábado um dia especial de 10 horas de jejum. Seguem-se, então, 30 dias com reflexões na apostila. Entretanto, queremos apresentar algumas mudanças para este ano.
1. A apostila não trará conteúdo além dos 10 Dias de Oração. No entanto, os princípios aprendidos nos últimos anos, que nos ensinaram a meditar na Palavra de Deus, continuam sendo aplicados por meio do estudo da Bíblia (Reavivados por Sua Palavra), do Espírito de Profecia e da Lição da Escola Sabatina . Esses são nossos principais instrumentos de meditação diária. Nas últimas páginas deste material, você encontrará algumas páginas com orientações sobre o método diário de estudo da Bíblia.
2. As 10 horas de jejum e oração serão no primeiro sábado dos 10 dias de oração, dia 8 de fevereiro, e não no último, como costumeiramente fazíamos. O Ministério da Mulher irá coordenar esse dia especial, que deve ter momentos de estudo da Bíblia, louvor e oração com atividades internas e externas. À tarde, a igreja sairá às ruas para visitar os membros afastados e interessados, amigos que queremos ter perto de nós, homens e mulheres, jovens e adolescentes valiosos para Jesus.
3. O último sábado, dia 15 de fevereiro, está reservado para a grande celebração do Reencontro, com o propósito de motivar a volta de nossos irmãos que se afastaram da igreja. Essa celebração nos lembra daquela oferecida pelo pai amoroso quando recebeu seu filho de volta ao lar. Assim deve ser a experiência desse último sábado dos 10 Dias de Oração: uma grande festa. Preparem uma refeição especial, na igreja ou nas casas, e recebam os amigos que estão afastados.
Nas parábolas contadas por Jesus, em Lucas 15, temos algo em comum. Nessas histórias, todos perderam algo. O pastor, uma ovelha do rebanho. A mulher, uma moeda de grande valor emocional. O pai, um filho amado. A diferença está no fato de que a ovelha significava 1% do total; a moeda, 10% do total; e o filho, 50% do total. Porém, isso realmente importa para o pastor, para a mulher ou para o pai? De maneira nenhuma. Para eles, o que era seu era único e tinha muito valor! Por isso foram válidos todos os esforços para tê-los de novo. Assim são as pessoas para Deus: únicas. Por elas, Ele foi até as últimas consequências. Ellen White escreveu: “Na parábola da ovelha perdida, o pastor sai à procura de uma ovelha – o mínimo que se pode numerar. Descobrindo que falta uma de suas ovelhas, não olha descuidadamente sobre o rebanho que se acha a salvo, no abrigo, dizendo: Tenho noventa e nove, e me será muito penoso ir em procura da extraviada. Que ela volte, e então lhe abrirei a porta do redil, e vou deixá-la entrar. Não; assim que se desgarra, o pastor enche-se de pesar e ansiedade. Deixando as noventa e nove no aprisco, sai em busca da extraviada. […] Ele não vacila enquanto a perdida não é encontrada” . ( Obreiros Evangélicos , pág. 181 e 182).


 

Facebook Comments

sobre baixoguandu

É um grande privilégio de elaboração do site PORTAL ADVENTISTA DE BAIXO GUANDU/ES, no dia 18 de Setembro 2014 para a divulgação aqui na cidade local, regional e em todos os Países. Nosso Objetivo é divulgarmos os programas, materiais entre outros que se realizam na Igreja Adventista do Sétimo Dia, em prol do Evangelho Eterno, assim diz o Senhor: “ Breve Jesus Cristo Voltará” Apocalipse 22:1-21. Portanto não será então em benefício próprio, sim a necessidade desse divulgação nessa cidade que todos se entregam sua vida a Jesus Cristo, nosso Salvador. Att: Thiago Amaral de Oliveira - Baixo Guandu/ES.

Além disso, verifique!

Tema 1 – A necessidade do resgate | 10 Dias de Oração (áudio)

Facebook Comments

×

Portal Adventista de Baixo Guandu/ES

Seja Bem-Vindos (as) ao Portal Adventista de Baixo Guandu/ES. Conheça os Materiais e Conteúdos da Igreja Local e Mundial.

× Atendimento Online!