Início / MATERIAIS DA DIVISÃO SUL-AMERICANA 2019 / Sermão do Aniversário de 166 anos da Escola Sabatina – PDF e TEXTOS

Sermão do Aniversário de 166 anos da Escola Sabatina – PDF e TEXTOS

 


Arquivo compactado contendo o sermão em PDF do 166º aniversário da Escola Sabatina.

FAZER DOWNLOAD AQUI


A ESCOLA SABATINA: 166 ANOS FAZENDO DISCÍPULOS AO ESTILO DE JESUS

“E subiu ao monte, e chamou para si os que ele quis; e vieram a ele.E nomeou doze para que estivessem com ele e os mandasse a pregar”(Marcos 3:13, 14).

O texto: Lemos Marcos 3:13, 14.

INTRODUÇÃO: Fazer discípulos é a razão de ser da igreja. A Igreja Adventista do Sétimo Dia foi organizada com esse propósito supremo. A missão encomendada em Mateus 28:19, 20 continua sendo o desafio da igreja em todos os tempos. No entanto, essa tarefa permanece inacabada, e a igreja continua a trabalhar com o objetivo de cumprir fielmente a grande comissão. Assim, surge a questão do passado: Como vamos fazer isso? Se a questão é fazer discípulos, quem poderia ser nosso mestre e modelo? Quem fez discípulos e como os fez? A resposta é: JESUS, o Mestre. A Bíblia nos conta que Jesus fez, de doze homens comuns, discípulos de fé, homens que transtornaram o mundo (At 17:6) com esperança e fé. E tanto foi o impacto daqueles homens que Paulo diz em Romanos 1:8 que o mundo inteiro fala da fé dos discípulos. Todo mundo falava de Cristo!

Propósito da mensagem: Conhecer como JESUS FEZ DISCÍPULOS e como a Escola Sabatina continua fazendo discípulos de acordo com o modelo de Jesus registrado em Sua Palavra através de Seus quatro objetivos. Nós os revisamos?

(1) estudo da Bíblia,

(2) confraternização,

(3) testemunho

(4) missão mundial.

I. ENSINOU-LHES A COMUNHÃO “PARA ESTAREM COM ELE” (Marcos 3:14). O tema da comunhão é apresentado claramente por Marcos. João, o discípulo amado, também o faz. Em 1 João 1:3, o escritor inspirado argumenta que “ n o s s a comunhão verdadeiramente é co m o Pai , e com seu  Filho Jesus Cristo ”. Aqui, “comunhão”(do grego koinonia ) significa relacionamento, intimidade, e implica compartilhar algo com alguém. É exatamente assim que Deus quer viver conosco: em proximidade e comunicação. Em João 15, também encontramos uma compreensão clara do tipo de intimidade, ou relacionamento que Jesus Cristo deseja manter conosco. No versículo 4, Jesus Cristo afirma: “ Permaneçam em mim, e eu permanecerei em vocês ”. A palavra “permanecer” é uma tradução do termo grego mena , que significa “permanecer ou manter contato por um tempo contínuo”. O que essa palavra sugere, então, é que os discípulos devem manter com Cristo um relacionamento íntegro, de total dependência dEle. Além disso, a palavra “permanecer” é precedida pelo condicional “se”. Isso implica responsabilidade por parte do discípulo a fim de que, obedecida a condição de permanência, a promessa seja cumprida.

A comunhão começa com o ESTUDO DA BÍBLIA. Não podemos ter uma comunhão real que não inclua a Bíblia como ingrediente principal. Somos o povo da Bíblia.

Aplicação:
A Escola Sabatina tem como primeiro objetivo: O ESTUDO DA BÍBLIA. Desde suas origens, a Escola Sabatina nos motiva a ler a Bíblia, a examiná-la todos os duas a fim de encontrar a direção de Deus e ser fortalecidos. Isso é comunhão.

O discípulo que não se alimenta diariamente através do estudo da Bíblia simplesmente morrerá, porque é isso que acontece com o ser humano quando ele não come. Por isso, Jesus disse: “NÃO SÓ DE PÃO VIVERÁ O HOMEM, MAS DE TODA PALAVRA QUE PROCEDE DA BOCA DE DEUS” (Mt 4:4). O estudo da Bíblia é o alimento do cristão. Se o cristão quer permanecer forte, deve comer a Palavra de Deus na primeira hora de cada manhã, estudando a Bíblia através da LIÇÃO DA ESCOLA SABATINA. Nós, adventistas, não estudamos a lição, mas a Bíblia através do guia de estudo.

II. ORGANIZOU-OS COMO UNIDADE DE AÇÃO E EM DUPLAS DISCIPULADORAS: “DESIGNOU DOZE” (Marcos 3:14). Provavelmente, o quadro mais impressionante de uma igreja que se relacionava intensamente é apresentado em Atos 2:42-47, que descreve a igreja apostólica. Ellen White escreve: “Não nos devemos manter afastados de nossos semelhantes, antes aproximar-nos bem deles; pois sua alma é tão preciosa como a nossa. É-nos possível levar-lhes a luz aos lares, pleitear com eles num espírito brando e submisso a Deus para que se elevem ao exaltado privilégio que lhes é oferecido, orar com eles quando parecer oportuno, e mostrar-lhes que podem atingir as mais altas realizações, falando-lhes então prudentemente das sagradas verdades para estes últimos dias” ( Testemunhos Seletos , v. 1, p. 459, 460).

O bom relacionamento t em o objetivo de compartilhar ricas bênçãos com as pessoas, entre elas: iluminar suas vidas com as orientações da Palavra de Deus; orar com elas; descobrir a vontade de Deus para suas vidas; obter conselhos necessários para o caminho rumo à eternidade.

Como Jesus fez discípulos?

Organizou Seu grupo ou unidade – “ Jesus chamou os seus discípulos ” (Mc 8:1, NVI). Jesus não discipulou multidões, porque Ele não faz discípulos com muitos, mas com poucos. Em três anos e meio, Jesus ensinou-lhes tudo o que era necessário para que, quando Ele não estivesse com eles, com a ajuda do Espírito Santo, os discípulos fizessem uma obra maravilhosa (ver Romanos 1:8). Imagina? Todo mundo falava da fé dos cristãos.

• Ele os enviou de dois em dois – “ Chamou Jesus os doze e passou a enviá-los de dois a dois, dando – lhes autoridade sobre os espíritos imundos ” (Mc 6:7). É impressionante ler a citação de Ellen G. White: “ Teria muito mais êxito a obra evangélica em nossos dias, fosse esse exemplo mais estritamente seguido ” ( O Dese j ado de Todas as Nações, p. 242 ). O contexto da declaração está se referindo a como Jesus enviou Seus discípulos de dois em dois, em duplas discipuladoras em nosso jargão atual, para cumprir a missão de evangelizar. Simplesmente, a citação nos dá a chave para ter muito m ai s sucesso . E quem não gostaria de ter muito mais sucesso no cumprimento da missão? Então, sigamos fielmente os passos de Jesus, e somente assim a igreja alcançará o êxito que deseja.

Aplicação:
O segundo objetivo da Escola Sabatina é CONFRATERNIZAÇÃO. As Unidades de Ação ou Classes de Escola Sabatina têm esse fim. Jesus nos criou como seres sociais e relacionais. Portanto, para que a missão se cumpra, é importante o trabalho como Unidades de Ação da Escola Sabatina no templo e nos pequenos grupos nas casas.
Assim como a comunhão é a base do discipulado segundo Jesus, o relacionamento é importantíssimo. O propósito do relacionamento ou confraternização é o cumprimento da missão.

III. ELE LHES DEU A MISSÃO DE “IR PREGAR ” (Marcos 3:14). Para que fomos chamados? Essa pergunta é muito séria. A Bíblia diz que quando Jesus chamou Seus discípulos, Ele os chamou com dois propósitos, de acordo com Marcos 3:13, 14. (1) Para ESTAR com ELE e (2) para ENVIÁ-LOS para pregar. Estar com ELE é COMUNHÃO. Porém, essa é a metade do chamado. Há outra parte que devemos fazer: IR PREGAR. Sempre que Deus chamou alguém, Ele lhe confiou uma missão. Todo chamado implica uma missão. Em outras palavras: NÃO HÁ CHAMADO SEM MISSÃO. Então, se você acredita e entende que Deus o chamou, Ele também fez isso para que você cumpra uma missão. Ellen G. White se refere bem quando dize: “ Todo verdadeiro discípulo nasce no reino de Deus como missionário. Aquele que bebe da água viva, faz – se fonte de vida ” ( O Dese j ado de T odas as Nações , p. 166). A função essencial da igreja é a proclamação do evangelho. Assim, a natureza essencial da proclamação apostólica se expressa em dois conceitos utilizados em todo o Novo Testamento, com as palavras gregas kerusso , “proclamar como um arauto”, e euangelizo , “dar boas-novas”. Nesse sentido, toda a igreja é chamada para cumprir a missão de pregar o evangelho; de compartilhar o evangelho com seus semelhantes. E a forma é simples: ENSINANDO-LHES, e para ensinar, eu tenho que ABRIR A BÍBLIA, A PALAVRA DE DEUS. Dar ESTUDOS BÍBLICOS ou ensinar a Bíblia para nossos semelhantes não é uma tarefa opcional na Bíblia; é um MANDATO. É de vida ou morte.

A MISSÃO PARA JESUS 

A Bíblia nos ensina que o cumprimento da missão para Cristo era de vida ou morte. Jesus disse: “ A minha comida é fazer a vontade daquele que me enviou, e realizar a sua obra ” (Jo 4:34). O que acontece se o ser humano não come? Mais cedo ou mais tarde ele vai morrer. Isso é o que Jesus queria nos ensinar. Que o discípulo de Jesus deve pregar o evangelho, deve cumprir a missão para não morrer. O TERRENO MISSIONÁRIO É COMPOSTO PELOS MEUS AMIGOS, VIZINHOS E FAMILIARES.

Aplicação: O terceiro e o quarto objetivos da Escola Sabatina são testemunho e missão mundial. Claramente, os dois últimos objetivos têm a ver com a missão. Daí a grande importância do cumprimento da missão. E a Escola Sabatina é 100% missionária.

“ O único meio de crescer em graça é achar – se interessado em fazer exatamente a obra que Cristo nos ordenou fazer ” ( Serviço Cristão , p. 76).
O discípulo precisa comer para viver. Precisa cumprir a missão. Então, Deus nos dá a missão porque quer que cresçamos. Discípulos fortes e produtivos é o que Deus quer e, portanto, Ele nos dá a missão. “ O prime ir o impulso d o coração regenerado é l evar outros também ao Salvador ” ( O Grande Conflito , p. 70).
“ Todo verdadeiro discípulo nasce no reino d e Deus como missionário” ( O Dese j ado de T odas as Nações , p. 128).
Uma vida regenerada por Cristo quer naturalmente proclamar aos quatro ventos o que Jesus operou a seu favor. Essa pessoa não permanecerá em silêncio, mas desejará compartilhar essas boas-novas de salvação. Isso foi real com o gadareno endemoninhado (Marcos 5:18-20).

Quando todos participam na missão, a colheita é abundante. Quando poucos participam, a colheita é pequena. Você quer ter uma campanha de colheita abundante? Então, envolva todos os membros de sua igreja. “ Os cristãos cujo zelo, fervor e amor cresce m constantemente não apostatam nunca ” (Review and Herald, 7 de junho de 1887, em Serviço Cristão, p. 81). Se você quiser que sua igreja perca menos membros por apostasia, envolva-os na missão. É simples.

CONCLUSÃO Fazer discípulos de acordo com o modelo de Jesus não é uma tarefa complicada, e é que tudo o que Jesus nos ensinou é simples. Até as crianças e os menos entendidos poderiam entender. O problema acontece quando nós, seres humanos, queremos colocar tanta técnica e tantas coisas da nossa criatividade para deixar um legado que fazemos da missão uma tarefa titânica. E não deveria ser assim. É por isso que hoje vimos que um discípulo de acordo com Jesus deve VIVER EM COMUNHÃO, RELACIONAMENTO E MISSÃO. Fácil e simples. E o lugar ideal para essa tarefa é a ESCOLA SABATINA com seus quatro objetivos

Chamado: Você quer ser um discípulo? Então, você só precisa estudar a Bíblia todos os dias, viverem comunidade em uma Unidade de Ação da Escola Sabatina aos sábados no tempo e durante a semana como um pequeno grupo em casas e, finalmente, cumprir a missão pregando a Palavra de Deus e levando as pessoas a ler e estudar a Bíblia, isto é, dando um estudo bíblico. Todos os ministérios e dons devem terminar abrindo a Bíblia.

Oremos.

Pr. Heyssen J. Cordero Maraví

ESCOLA SABATINA

UNIÃO PERUANA DO SUL

 

Facebook Comments

sobre baixoguandu

Além disso, verifique!

Cartaz de Ênfases 2019/2020 | Ministério da Criança

Arquivo em PDF do cartaz para ênfases espirituais de 2019/2020 do Ministério da Criança. Facebook …

×

Portal Adventista de Baixo Guandu/ES

Seja Bem-Vindos (as) ao Portal Adventista de Baixo Guandu/ES. Conheça os Materiais e Conteúdos da Igreja Local e Mundial.

× Atendimento Online!